sexta-feira, 14 de junho de 2013

2009-2013: chegada


Cumprido o caminho, as palavras de um amigo da BE de Arcozelo:



Chegada

Chegas,
sóbria e sombria,
e desocupas em mim
a tua própria sombra.

Agora és a minha própria voz:
nenhum silêncio nos pode calar.

Falas e acaba o tempo.

E eu escuto-te
apenas quando te lembro.

Mia Couto, in JL (Número 1114)
Poema inédito




Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.