quarta-feira, 23 de Abril de 2014

DIA MUNDIAL DO LIVRO


Dia Mundial do Livro é comemorado, desde 1996 e por decisão da UNESCO, a 23 de abril.   
Esta data foi escolhida para honrar a velha tradição catalã segundo a qual, neste dia, os cavaleiros oferecem às suas damas uma rosa vermelha de São Jorge (Saint Jordi) e recebem em troca, um livro. Em simultâneo, é prestada homenagem à obra de grandes escritores, como Shakespeare e Cervantes, desaparecidos nesta data em 1616.

terça-feira, 1 de Abril de 2014

DRAMATIZAÇÃO E DECLAMAÇÃO DE TEXTOS POÉTICOS

Dramatização de poesia por alunos das turmas do 9.º D e 7.º A para os alunos dos 4.º e 5.º anos do Centro Educativo de Arcozelo. A atividade foi preparada pela prof. Cidália em colaboração com a biblioteca.













SEMANA DA LEITURA - OS PAIS TAMBÉM LERAM

No Centro Educativo de Refoios, os pais e encarregados de educação foram convidados para fazerem leituras de variadas etiologias aos alunos. O convite foi bem recebido e os pais assumiram o papel de dinamizadores da leitura durante um alguns momentos. Os alunos gostaram de ver os progenitores a voltarem à escola participando na sua vida escolar e educativa e envolvendo-se, de forma ativa, no processo de aprendizagem.
Da mesma maneira, os alunos mais velhos do Centro Educativo leram para os alunos mais pequenos.








PASSATEMPO MENSAGENS DE AMOR

Entrega dos prémios e certificados de relativos ao Passatempo Mensagens de Amor, no Centro Educativo de Refóios pelo sr. Vereador da Educação, dr. Paulo Sousa. Esta atividade aconteceu no dia 25 de fevereiro. Aqui fica o registo da singela cerimónia que premiou a criatividade dos







nossos alunos.

quarta-feira, 12 de Março de 2014

ALICE VIEIRA - AUTORA DO MÊS NA BIBLIOTECA

O mês de março é dedicado à escritora Alice Vieira na rubrica «autor do mês». Os trabalhos dos alunos já estão expostos na biblioteca.


Alice Vieira nasceu em 1943 em Lisboa. É licenciada em Germânicas pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Em 1958 iniciou a sua colaboração no Suplemento Juvenil do Diário de Lisboa e a partir de 1969 dedicou-se ao jornalismo profissional. Desde 1979 tem vindo a publicar regularmente livros tendo, atualmente editados na Caminho, cerca de três dezenas de títulos.

Recebeu em 1979, o Prémio de Literatura Infantil Ano Internacional da Criança com Rosa, Minha Irmã Rosa e, em 1983 com Este Rei que Eu Escolhi, o Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura Infantil e em 1994 o Grande Prémio Gulbenkian, pelo conjunto da sua obra. Recentemente foi indicada pela Secção Portuguesa do IBBY (International Board on Books for Young People) como candidata portuguesa ao Prémio Hans Christian Andersen. Trata-se do mais importante prémio internacional no campo da literatura para crianças e jovens, atribuído a um autor vivo pelo conjunto da sua obra.

Alice Vieira é hoje uma das mais importantes escritoras portuguesas para jovens, tendo ganho grande projeção nacional e internacional. Várias das suas obras foram editadas no estrangeiro.

(in http://alicevieira.net/biografia/biografia.htm)







«PEDRO E A LUA» - JARDIM DE INFÂNCIA DE ARCOZELO

«Pedro e a lua» - história contada e animada na biblioteca da escola sede para os alunos do Jardim de Infância de Arcozelo.
“Era hora de deitar, mas o Pedro não conseguia dormir. Estava aborrecido e olhava para a Lua.
E o que o aborrecia? Na escola, a professora mandava sempre fazer trabalhos de casa, os amigos às vezes troçavam com ele, e até em casa, com os pais, tinha horas para tudo... até para brincar!
O Pedro desejava partir para um sítio onde pudesse fazer tudo o que lhe apetecesse e onde não o incomodassem. Esperou então uma estrela cadente passar, e, ao fechar os olhos, desejou viajar até à lua, para sempre lá ficar...”





terça-feira, 11 de Março de 2014

LANÇAMENTO DO LIVRO «LEMBRANÇAS»

No passado dia 15 de fevereiro, foi lançado o livro «LEMBRANÇAS», de Paulo Machado, na biblioteca do Centro Educativo das Lagoas. O evento contou com a participação de muitos ouvintes/espetadores que encheram o espaço. 
video

O título – Lembranças – é uma boa sinopse dos trinta poemas que  constituem o livro, já que representam, de facto, lembranças: recordações mais ou menos nostálgicas, de momentos, espaços, pessoas… que passaram na vida do Paulo sem indiferença; lembranças que até aqui guardou na memória e no coração, lembranças que agora perpetua através da escrita. Lembranças permite a representação de evocações que a capacidade mnemónica do autor apreendeu e fixou e que podem ser transpostas por cada um de nós. A obra hoje aqui apresentada é a tradução de um conjunto de imagens sensoriais afastadas no tempo e no espaço e influenciado pela afetividade e pela vontade. No fundo, a escrita é a consciência do autor que permite a criação de pontes entre os tempos (passado e futuro) para criar novos sentidos para olhar o futuro.

quarta-feira, 26 de Fevereiro de 2014

«SÁBADO NA BE!» - A GRANDE FÁBRICA DE PALAVRAS

«A grande fábrica de palavras» foi a história contada na atividade de fim de mês, «Sábado na BE!» de fevereiro. Falou-se de uma terra onde as pessoas pouco falam porque as palavras são compradas e, por isso, têm um preço. 
No mês dos afetos, a história serviu para escolher as palavras que mais tocam os pequenos e os grandes, dado que a atividade é aberta à comunidade. 

video

quarta-feira, 12 de Fevereiro de 2014

MARCELINA E A NOITE DE HALLOWEEN

video
A história «Marcelina e a noite de hallowen - uma festa de sustos, disfarces e receitas» serviu de base ao trabalho realizado no Centro Educativo das Lagoas pelos alunos da turma LJ4. Aqui fica o vídeo que regista a atividade.

segunda-feira, 3 de Fevereiro de 2014

HISTÓRIAS NA BE

video
Trabalho realizado pelos alunos do 2.º ano do Centro Escolar de Refoios do Lima. Em dezembro foram animados com as aventuras de Ali Babá para conhecerem outas culturas. Foi-lhe pedido que ilustrassem a parte que mais gostaram. O resultado foi este...

terça-feira, 28 de Janeiro de 2014

DIA DA PROTEÇÃO DE DADOS



Assinala-se hoje, dia 28 de janeiro, o Dia da Proteção de Dados. Este dia comemorativo pretende chamar a atenção para o estado de vulnerabilidade em que todos nós nos encontramos quando fazemos operações importantes em telemóveis ou computadores sem  o sistemas operativo atualizado ou quando usamos redes públicas.
Para combater estes riscos, a Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD) e investigadores do Centro de Cibersegurança. irão disponibilizar um conjunto de aplicações que vai estar disponível para download gratuito no site da CNPD, a partir de 11 de Fevereiro, Dia da Internet Segura, e que permitirá ao utilizador navegar na Internet de forma mais segura em sítios públicos. Estas aplicações podem ser colocadas numa pen e transportadas para qualquer portátil ou computador com porta USB, mas não para telemóveis. Para além disso, também  já inclui, entre outras ferramentas, aplicações que permitem navegar de forma anónima na Internet e um aplicativo que permite ter uma zona de ficheiros cifrados, de forma a não poderem ser recuperados por terceiros.
Luís Antunes, diretor do Centro de Cibersegurança e Privacidade da Universidade do Porto, alerta que estes ataques podem ser feitos por qualquer pessoa com alguns conhecimentos informáticos e salienta que “Se não se atualizar os sistemas operativos dos telemóveis e dos computadores correm-se riscos sérios de qualquer pessoa poder aceder a contactos, mensagens, e-mails e passwords”.

Querem testar os vossos conhecimentos sobre o fenómeno do roubo de identidade? Acedam à página do Facebook do Projeto MiudosSegurosNa.Net e podem encontrar um questionário online, bem como outros conselhos sobre a gestão da privacidade em aplicações como o Instagram, o Google, o Gmail, o Flickr e até das consolas Wii U, Playstation 4 e Xbox One.
 (Fonte: ViaPúblico in "http://bibesas.blogspot.pt/")

DIA INTERNACIONAL EM MEMÓRIA DAS VÍTIMAS DO HOLOCAUSTO

Assinalou-se, a 27 de janeiro, o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, prestando homenagem aos seis milhões de judeus assassinados, bem como às outras vítimas do extermínio nazi.
Em comunicado, o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) escreve que o Governo Português recorda também “todos aqueles que cuja coragem e determinação conseguiram poupar à morte milhares de judeus condenados aos campos de concentração nazi, entre os quais os diplomatas portugueses Aristides de Sousa Mendes, Carlos Sampaio Garrido e Alberto Teixeira Branquinho”.

Portugal é, desde junho de 2009, membro observador da Aliança Internacional para a Memória do Holocausto, desenvolvendo com outros estados e instituições, iniciativas que visam evocar e preservar a memória daquele acontecimento trágico.