terça-feira, 22 de maio de 2012


Prémio Camões 2012

Dalton Trevisan

 

“Seu nome: Dalton Trevisan. Seu instrumento de trabalho: o conto. Sua vítima: o leitor incauto. Sua meta: amedrontar, deliciando. Sua cara: pouco veiculada. Seu endereço: desconhecido. Seu diálogo com o público: um monólogo interior. Sua foto mais conhecida: a tirada por um repórter com teleobjetiva atrás de uma árvore em uma tarde de outono. Seu número de telefone: nem mesmo sua família sabe.”


Duílio Gomes
(contista e romancista brasileiro)

 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.